• Telefones:
  • (31) 3817-2779 | 9 9125-8311

smilleodontologia@gmail.com      

Artigos Odontologia

Quinta, 11 Outubro 2018 17:44

Jovens têm 13% mais cáries que média do País

Avalie este item
(0 votos)

Muito além do que manter a estética, entender a importância da saúde bucal é a garantia de evitar problemas sérios no futuro e, por isso, os cuidados ainda na infância são fundamentais. Nesse contexto, no entanto, Fortaleza ficou aquém em relação ao cenário nacional, com crianças de cinco anos de idade tendo 6% mais cáries que a média do Brasil, segundo dados da última Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, do Ministério da Saúde. Entre os jovens de 15 a 19 anos, o quadro é pior: apresentaram 13% a mais cáries que a média do País.

De acordo com o levantamento, enquanto 86,3% das crianças de cinco anos pesquisadas na Capital tiveram cáries, o número no Brasil ficou em 80,2%. Já a média da região Nordeste é superior a de Fortaleza, com 88,2% das crianças avaliadas nessa condição. Considerando por região, a maior diferença está entre os adolescentes de 12 anos da Região Nordeste, com 14,7% mais cáries que a média brasileira.

Para a odontóloga Lilian Leal, trabalhar no sentido de melhorar a qualidade bucal da população passa pelo incentivo às políticas públicas, especialmente nas escolas. "Seja com palestras para as crianças, ensinamentos de técnicas de escovação, distribuição de escovas dentais. Muitas crianças não têm acesso a essa educação bucal e, quando elas recebem na escola, começam a entender que não só a escovação é importante mas também ter uma alimentação saudável, começam a conhecer os alimentos cariogênicos, e acabam levando esse conhecimento para casa e ensinando aos pais", comenta. Não só as crianças, conforme orienta a odontóloga, mas toda a população deve manter uma prevenção bucal com consultas semestrais, que podem evitar problemas até mais sérios do que as cáries. "A saúde começa pela boca. Antigamente, as pessoas não procuravam o dentista como prevenção. Elas iam só para resolver um problema já existente e isso acabou gerando muito medo. Porém, cada vez mais está aumentando esse acesso preventivo. As pessoas estão entendendo sobre saúde bucal e a tecnologia, com equipamentos melhores, e isso também tem facilitado. A medida que as pessoas vão recebendo informação, elas vão tendo mais acesso ao tratamento, vão perdendo o medo do dentista e vão se cuidando mais".

Periodontal

Já de acordo com o Levantamento Epidemiológico em Saúde Bucal no Estado do Ceará, cerca de 65% dos jovens pesquisados, na de 15 a 19 anos, se encontram com problema periodontal, doença de caráter crônico e origem bacteriana, que afeta o tecido gengival. "Começa quando o paciente não escova o dente, a gengiva fica inflamada e isso leva a formação de tártaro, que se não for removido causa a doença. O paciente começa a perder osso e isso pode levar a perda do dente", esclarece Lilian Leal.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Formulário para Receber o material Exclusivo:

Informe seus dados abaixo que enviaremos por email o link para material exclusivo.

Nosso Endereço

Avenida Otávio Soares, 48/ 09, Palmeiras - Ponte Nova/ MG - CEP: 35430-229

Telefones: (31) 3817-2779
Whatsaap: (31) 9 9125-8311

smilleodontologia@gmail.com

Horário de Atendimento: Seg a Sex de 8:00 as 11:30 e 13:00 as 18:00


Marque sua consulta AGORA!

Agende sua Consulta: Informe seus dados abaixo que entraremos em contato agendando um horário de avaliação. Obrigado.
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida