• Telefones:
  • (31) 3817-2779 | 9 9125-8311

smilleodontologia@gmail.com      

Artigos Estética

Quinta, 10 Setembro 2020 20:23

Bichectomia: será que você pode fazer?

Avalie este item
(0 votos)
A bichectomia é um procedimento estético que está mais popular a cada dia. Veja como este procedimento é feito! A bichectomia é um procedimento estético que está mais popular a cada dia. Veja como este procedimento é feito! Mulher foto criado por cookie_studio - br.freepik.com

A bichectomia é um procedimento estético que está mais popular a cada dia, especialmente porque as famosas de todo o mundo tem investido no método para ficar com o rosto mais fino, com o contorno bem marcado. No Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o número de bichectomias realizadas mais que triplicou nos últimos anos. Mas afinal, o que é bichectomia? Ela é segura?

Efetivamente, a cirurgia de bichectomia consiste na remoção de um corpo adiposo da região da bochecha, que se chama bola de Bichat. É uma cirurgia que possui o objetivo de deixar o rosto mais fino e alongado, com a aparência mais magra, já que, mesmo sendo um tecido gorduroso, a bola de Bichat não costuma diminuir acompanhando a perda de peso, sendo possível para a pessoa estar com o peso ideal e continuar com as bochechas proeminentes. É uma cirurgia simples e tranquila, que pode ser feita em consultórios com anestesia local.

Quem pode fazer?

A bichectomia somente deve ser realizada após uma avaliação profissional, para que a situação seja analisada e se compreenda se os objetivos serão atendidos pela cirurgia. Ela é recomendada para pessoas que se sentem insatisfeitas com o tamanho da própria bochecha, ou com o formato arredondado do rosto. Além disso, ela também é indicada em casos crônicos em que o paciente morde constantemente a parte interna das bochechas devido ao seu tamanho, provocando traumas e dores. Tanto homens quanto mulheres, com mais de 16 anos, podem realizar o procedimento.

Além disso não é recomendada para pessoas fazendo uso de radioterapia ou quimioterapia, que possuam cardiopatias severas, deficiências de coagulação, ou problemas hepáticos e renais graves. Também não devem fazer a cirurgia, as grávidas, os menores de idade e pessoas com infecções locais ou sistêmicas.

Como é a cirurgia?

A cirurgia de bichectomia não é complicada, e pode ter duração de até uma hora. Ela é feita por via intraoral, ou seja, na parte de dentro da boca. Com a aplicação de anestesia local, ocorre o corte na região interna da bola de Bichat de cada lado do rosto. Há uma pressão na bochecha para que o tecido adiposo passe pelo corte, e então ele é removido. Depois, o profissional efetua a sutura do local. Quando a sutura é feita com pontos não absorvíveis, há o retorno após uma semanas para a retirada dos pontos. A cirurgia não deixa cicatriz visível, afinal, a ocorre na parte interna da boca. Os resultados já podem ser notados 15 dias após o procedimento, sendo efetivos mesmo ao final de 3 meses.

A bichectomia não é uma cirurgia reversível, portanto, é importante conversar com o cirurgião de forma que seus objetivos e insatisfações sejam compreendidos e que seja feita então uma análise da estrutura do rosto e da anatomia facial antes de se decidir pelo procedimento. Além disso, é importante que o profissional seja qualificado, pois é uma cirurgia que tem o poder de modificar o rosto do paciente. A melhor técnica do mundo é o protocolo Camargo que conta com mais de 8000 casos operados e Zero problema. Esta revolucionária técnica teve seu reconhecimento recente onde uma publicação de renome internacional fez uma pesquisa comprovando cientificamente o resultado superior!

E o pós-operatório?

Após a cirurgia, é importante tomar alguns cuidados para garantir o sucesso do procedimento. Nos primeiros dias, a alimentação deve ser pastosa e líquida, para não resultar no uso excessivo dos dentes, o que poderia causar mais inchaço. Além disso, o repouso é recomendado nos primeiros dias, e deve ser dada uma atenção especial para a higiene bucal, para evitar infecções. Em caso de inchaços, dores, e hematomas arroxeados, o recomendado é utilizar bolsas de gelo na região. 

É preciso enfatizar a importância de buscar um profissional competente e experiente na área, pois a bichectomia é realizada numa região em que há nervos faciais, além do ducto parotídeo, que transporta a saliva até a boca. Para evitar danos nervosos ou até mesmo uma lesão nessa região, basta escolher um bom cirurgião que utilize a técnica correta. 

Mas e no futuro, o rosto ficará envelhecido?

A resposta depende da qualidade do profissional que fez a cirurgia. Quando a equipe é experiente e qualificada, problemas como esse não ocorrem, já que eles sabem do que estão fazendo, e são capazes de prever o resultado final. Assim, é recomendado que os interessados na bichectomia busquem cirurgiões especialistas em harmonização facial, para assim obter um resultado satisfatório e duradouro.

Se interessou? Faça com quem entende do assunto. Na região de Ponte Nova, você encontra profissionais capacitados e tecnologia de ponta para sua bichetomia na Smille Odontologia e Estética Facial. A Smille é referência nacional em harmonização facial, realizando procedimentos como a avaliação facial desde 2012 e é a única da região que utiliza o Protocolo Camargo de Bichectomia que é a melhor técnica do mundo!

Veja também

Compartilhe nas redes sociais
Última modificação em Terça, 22 Setembro 2020 19:24

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Image

Onde estamos

Avenida Otávio Soares, 48/ 09, Palmeiras - Ponte Nova/ MG - CEP: 35430-229

Telefone/Whatsapp

Telefones: (31) 3817-2779
Whatsaap: (31) 9 9125-8311

Funcionamento

Seg a Sex de 8:00 as 11:30 e 13:00 as 18:00